13 de janeiro de 2019

Roupeiro Alfazema

Gosto muito de ir a Vila Nova de Cerveira, não só porque é uma vila culturalmente rica e com muitos espaços públicos interessantes mas principalmente porque tem a Feira todos os sábados que eu adoro.
A qualidades de produtos que esta feira oferece é vasta, desde hortícolas, roupa, utensílios e ferramentas, loiças, carpetes e tecidos, mas principalmente porque tem um produtor de móveis de pinho que vende roupeiros, mesas, cadeiras, louceiros, com linhas simples e que remontam ao antigo mas sem grande torneados.
Perdi a cabeça e comprei um roupeiro, uma peça única sem precisar de montar/desmontar.
As peças são em pinho vendidas em bruto, sem tratamento nem verniz.



Não foi preciso preparar a madeira, só começar a pintar.
Dei duas de mãos e lixei entre camadas para tornar a textura menos áspera ao toque.
No final lixei apenas algumas aresta para surgir a cor da madeira.
Substitui os puxadores originais por novos comprados na Zara Home.


 O resultado final...

 

21 de outubro de 2018

A mesa vintage da Margarida



 

A pedido da Margarida, fiz a recuperação da sua mesa vintage. Esta é uma mesa que vale mesmo a pena reaproveitar. Com bastantes sinais de uso, comecei por lixar a superfície e corrigir as pernas. Foi utilizado verniz acetinado incolor das tintas CIN.
Transformou-se a textura e a cor.
Obrigada Margarida! 


10 de agosto de 2018

A Cómoda Azul

A peça que transformei é uma cómoda antiga, sem verniz ou cera. As únicas ferragens de origem são escudetes. Não foi necessário lixar, apenas aspirei e limpei com pano seco.
Tapei algumas imperfeições, repus o tampo com betume para madeira e lixei só para uniformizar a superfície. Pronto para pintar!





A cor escolhida foi o azul petróleo e o cinza crayon, mais uma vez das tintas Cin. Duas demãos com trincha, o azul no exterior e o cinza para o interior das gavetas.
Depois de seco, com uma lixa esponja passei em algumas arestas para sobressair a madeira e dar um aspecto usado. Os puxadores escolhidos são da zara home e os escudetes da loja Ferragens Guedes.





19 de abril de 2018

O Quilt Kit

Sempre quis fazer um quilt e não sabia por onde começar. Quando soube que estava grávida decidi fazer um! Como não tinha material de corte para a preparação dos tecidos encomendei o kit da Constança Cabral, na sua loja do etsy.
Mesmo sendo um pronto-a-fazer foi preciso muita dedicação e levei muito tempo para o completar, mas assim que o terminei... Fiquei com uma óptima sensação de realização!











10 de janeiro de 2013

Feliz Ano Novo! | Happy New Year!

Depois de uma breve ausência e de uma fase de adaptação a uma nova rotina, estou de volta!
Para este novo ano, nada como a transformação de um chaveiro para o hall de entrada.
Chaves à mão, a correspondência e uma mensagem rápida. Do que precisamos mais?


After a brief absence and an adaptation stage to a new lifestyle, I'm back!
For this new year first project I show you a key rack transformation.
Keys in hand, the mail and a quick message. What more is needed?






7 de outubro de 2012

Maria Peúgas na Chairfest | My little chair on a Chairfest



A Lindsey do blog Better After partilhou o Antes & Depois da cadeira Maria Peúgas no seu artigo Chairfest. 
Espreitem os vários projetos de transformação de cadeiras. São uma grande fonte de inspiração!

Lindsey from Better After featured my little chair on her Chairfest post.
There are some really great chair makeovers, so take a look and get inspired!

19 de setembro de 2012

FVM Cabeceira | DIY headboard




Um FVM (Faça Você Mesmo) barato e rápido para duas cabeceiras de cama de solteiro. Um óptimo projeto de fim-de-semana.
Eu utilizei os seguintes materiais, que poderão encontrar em qualquer loja de bricolage:
1 painel para plantas de jardim (90x180 cm)
1 trincha
tinta aquosa de cor branca
verniz transparente

1. Cortei ao meio o painel de jardim. Normalmente, as lojas de bricolage têm serviço de corte gratuito. Aproveitei as duas peças para fazer a cabeceira de duas camas de solteiro.
2. Pintei a superfície com tinta aquosa, utilizei a cor branco gelo da marca Luxens.
3. Apliquei verniz transparente para dar o acabamento e proteger a tinta.
Et voilá!


I’m going to tell you how to make two headboards for twin bed. A quick and cheap DIY.
I used these materials, which may be found in any DIY store:
wood garden trellis (90x180 cm)
paint brush (colour on your choose, I used white)
water-based paint
clear mate varnish

1. Cut in half the wood trellis. The DIY stores usually have a free cutting service.
I took the two pieces to make the headboard for a twin bed.
2. I painted the surface with water-based paint; I used the white ice colour from Luxens.
3. I applied a clear mate varnish to protect the paint.
Et voilá!

6 de setembro de 2012

Cabeceira de cama para o sótão | Headboard for the attic

As medidas das camas são cada vez menos standard. Esqueçam a definição de cama de “casal” ou “corpo e meio” para mencionar uma medida exata. Para quem tem camas grandes e feitas à medida, a única peça que pode aproveitar de uma estrutura de cama antiga é a cabeceira.

Nowadays the beds measures are less and less standard.
For those who have large beds or tailored ones, the headboard is the only part that can be reused in an old bed.



A peça que hoje vos trago vai ser para uma cama no sótão. Como a cama foi feita à medida e justamente por ser para o sótão, não utilizei a restante estrutura e serrei as pernas para reduzir a altura.
Lixei toda a superfície e apliquei betume nas zonas irregulares.
Dei várias demãos de tinta (até deixar de ver a madeira), e para um efeito desgastado e mais definido, lixei apenas nas zonas mais expostas. Por fim, apliquei um verniz transparente mate para proteger a superfície.

O que fazer com as restantes peças da estrutura? Ainda não sei! ...alguma ideia?

Today I bring you a headboard for a tailored bed in the attic. So, I did not use the remaining parts and I sawed the legs to reduce the height.
I sanded the entire surface and applied wood filler in irregular zones and holes.
Then, I applied several coats of paint (until stop seeing wood), and for a stress effect I just sanded the most exposed areas.
What to do with the remaining pieces of the bed? I do not know yet! ...any ideas?